O Mal Humano 0.0: A ARCA

PERDA

Inconformado com a morte dos pais, tudo o que Rui Alves quer é estar com eles uma última vez.

OPORTUNIDADE
Valter Braz tem o que Rui procura: um meio de estabelecer encontros entre vivos e mortos.

AMBIÇÃO
Mas há regras que têm de ser seguidas por ambas as partes. Caso contrário…

Goodreads-icon

 

<– DEIXA AQUI A TUA OPINIÃO

 

Finalmente! Ao fim de quase três anos de preparação, eis que estou pronto para vos dar a conhecer o meu novo projecto. Bem sei que tenho sido um pouco chato em relação a isto nos últimos tempos, mas acreditem que vou fazer o possível para compensar a vossa paciência. A começar por esta história.

A ARCA é uma de várias histórias pré-inaugurais que escrevi para servir de introdução a um universo em muitos aspectos parecido com o nosso, noutros nem tanto. Um desses aspectos é a existência real de crimes de características sobrenaturais e de uma força policial especializada a lidar com casos dessa natureza – a Brigada de Crimes Macabros. Cada uma destas histórias introdutórias terá como protagonista um membro da BCM, à excepção de A ARCA.

A ARCA é uma introdução à introdução, é um vislumbre do universo que está prestes a ser revelado, mas é também uma ponte para histórias passadas. Os leitores que conhecem os meus trabalhos anteriores, os mais atentos pelo menos, encontrarão essas ligações, espero eu. Os que só agora chegaram, leiam com atenção esta história pois as sementes que nela são plantadas, vão dar muitos frutos.