A Sopa

A Sopa (Capa Actual)Num armazém onde se cruzam várias realidades, o Director observa um dos seres que mantêm o Universo em funcionamento. Ao fazê-lo, recorda-se do tempo em que a sua vida tinha um propósito – o tempo em que era livre sem o saber.

itunes-buttonkobo-Buy-Button.fw_1badge_kindlesmashwords_button

Comentário do autor: A ideia para este conto surgiu quando estava num restaurante, e é tudo o que consigo dizer sobre o processo de escrita desta história. Regra geral, quando tenho uma ideia para uma história, sei mais ou menos para onde quero ir. Nunca é uma ideia exacta porque há sempre desvios a meio de percurso que podem levar a um destino completamente diferente. Mas uma vez por outra, aparece-me uma ideia que me leva às cegas. Não sei o início da história, não sei o fim, não sei nada. Só depois de ter a história escrita é que consigo recapitular todo o processo e perceber o que se passou. No caso de A Sopa, ainda hoje não percebo a cem por cento o que eu próprio escrevi.

Depois de leres comenta esta história aqui:
Goodreads-iconunnamed (2)

 

 

 

Guardar

Guardar

Guardar

Guardar

Guardar