Curta: O Limite da Paciência

limite Um homem está no café a ler o jornal quando percebe que está a ser observado. Olha à sua volta e repara num sujeito que olha para ele fixamente. O homem tenta ignorá-lo, mas acaba por desistir e sair do café. O sujeito segue-o.

Às tantas, o homem começa a ver a face do seu perseguidor em todo o lado. Quando a sua paciência atinge o limite, só lhe resta uma opção. Mas será essa a opção certa?

Irrita-me estar num sítio público – café, transporte, o que seja – e ter alguém a olhar para mim sem razão aparente. Com base nisso, decidi pegar nessa espécie social, o ‘olhador’, e levar a sensação de perseguição a um extremo que chega ao gore.

O LIMITE DA PACIÊNCIA – Versão Final em actualização. Será colocada aqui brevemente.

Se não for pedir muito, deixe a sua opinião

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s